Mova-se pela sua saúde!


Movimentar-se é fundamental para manter o corpo funcionando com mais equilíbrio. Na Pandemia, de acordo com o ortopedista, Fábio Ravaglia, o fato das pessoas ficarem mais em casa, em Home Officer e Home School, se movimentando menos, provocou a incidência de vários problemas ortopédicos.

Dores nas costas, pescoço tecnológico, tendinite, cervicalgia, dores nos punhos, nos ombros, nos quadris, foram alguns dos problemas citados pelo referido médico. De acordo com Fábio Ravaglia, a cabeça pesa mais ou menos 5kg e, quando inclinada para frente pesa mais, podendo chegar até 27kg. Essa postura inclinada, força também o dorso. A coluna lombar que é jogada mais para trás, para sustentar o dorso e a cabeça, provoca dores no pescoço, no dorso e nas costas.

O ideal é ter uma ergonomia apropriada quando estiver realizando essas tarefas tanto no trabalho, como nos estudos, mantendo a coluna reta, cotovelos e joelhos um pouco mais de 90 graus evitando, inclusive, a compressão das veias.

Ainda de acordo com Fabio Ravaglia, também não é aconselhável ficar muito tempo deitado. Nessa posição, as pessoas passam a adquirir posturas incorretas e ficam cada vez mais sedentárias, levando a uma atrofia muscular que pode chegar até 12% por semana, e consequentemente mais dores no corpo.

A recomendação do ortopedista é usar uma cadeira com suporte lombar, mais durinha, ter um suporte abdominal fisiológico, mantendo a musculatura do abdome contraída. A musculatura do core forte, sustenta a coluna e evita os problemas de dores nas costas.

Quando o problema surge, como uma crise de coluna ocasionada por uma hérnia de disco, por exemplo, que pode está localizada em qualquer região da coluna vertebral, é recomendado consultar um médico para sair da fase aguda e fazer fisioterapia para tratar o problema.

De acordo com a fisioterapeuta, Denise Accioly, é importante observar os sinais que o corpo dá, tais como: uma dorzinha no pescoço, na lombar ou em outra região do corpo e tentar identificar se essa dor evolui. Se for o caso, procurar ajuda profissional antes que a crise se agrave, para evitar sofrimento e a restrição do movimento na musculatura afetada.

Ainda de acordo com Denise Accioly, ter as funções físicas preservadas é a melhor maneira de viver com o corpo em harmonia, evitando situações desagradáveis no dia a dia.

Esses problemas osteomusculares que estão ocorrendo nesse período de Pandemia, se tornaram um grande desafio tanto para os profissionais de saúde, como para os pacientes que precisam ser atendidos nesse cenário atual. Dessa forma é preciso prevenir para evitar a visita ao médico e ao fisioterapeuta.

Mesmo em Home Officer o ideal é fazer uma pausa a cada uma hora e se movimentar. Fazer um alongamento é muito importante para evitar que a musculatura fique muito contraída. Deve-se alongar o pescoço, ombros, punhos e mãos, costas e pernas.

Caminhar até outro cômodo da casa para movimentar as pernas, contribui para circulação do sangue. Fazer um exercício respiratório com mais concentração para oxigenar os pulmões, também é de grande valia. São pequenas atitudes que vão contribuir para prevenção de dores em determinadas partes do corpo.

A pratica de atividade física é sem dúvida uma excelente estratégia de prevenção. Quando você faz exercícios físicos, seus músculos ficam mais fortes e resistentes a eventuais problemas que possam surgir. A musculatura fortalecida, protege a coluna vertebral, melhora o equilíbrio evitando quedas, e reforça o sistema imunológico, tudo isso, já comprovado pela literatura científica.

Se você já pratica atividade física, mantenha sempre sua prática em dia, mas não esqueça de se movimentar em outros horários do dia, principalmente quando estiver muito tempo sentado ou deitado. Mas, se você além de não praticar atividade física, ainda tem um comportamento sedentário, procure inserir mais movimento em sua rotina de vida.

Movimente-se sempre que for possível e a sua saúde será a mais beneficiada com essa atitude. A vida é feita de movimento!

Mova-se em busca da sua saúde!

Goretti Leite

Preparaê

Preparação física é o passaporte para a 3ª. Idade – By

Fonte:

Fabio Ravaglia – Médico, Cirurgião, Ortopedista e traumatologista, com especialização em coluna vertebral. Foi o primeiro brasileiro aceito pelo programa do Royal College of Surgeons of England , onde se especializou em ortopedia reumatológica (próteses e revisão de próteses articulares, artroscopia de várias articulações, tratamento de dor na coluna e traumatologia).

@dr.fabioravaglia

Denise Accioly – Fisioterapeuta, Acupunturista. Atua com saúde preventiva, problemas ortopédicos e traumatológicos. Recuperação das funções alteradas e controle da dor, em adultos e idosos.

@deniaccioly


Instituto Ortopedia & Saúde

Rua Itapeva, 490 - 10o. andar - São Paulo, SP (Próximo da Av. Paulista e do Metrô Trianon-Masp)

Telefones:  (11) 3289 8000  |  (11) 3373 8899  |  faleconosco@ortopediaesaude.org.br

Acompanhe-nos pelas redes sociais

  • TV Saúde no Youtube