Cientistas avaliam como o meio ambiente influencia a saúde humana

Não é novidade para ninguém que o ambiente impacta profundamente a saúde humana, mas poucas teorias definem a forma de como se dá a relação entre a fisiologia humana e o meio ambiente.


Assim, cientistas estão propondo uma nova maneira de compreender a interação entre os sistemas biológicos complexos, nosso corpo e partes dele, e o ambiente ao seu redor.


A nova teoria sugere a existência de "interfaces biodinâmicas", entidades intermediárias entre os dois reinos, o ser vivo (animal) e o ambiente (vegetal).


Até hoje, a ciência analisava apenas aspectos individuais, tomados de forma isolada, da interação entre o meio ambiente e os seres humanos. Porém, cientistas acreditam que os complexos sistemas vivos não podem interagir diretamente, mas sim que sua interação requer a formação de uma "interface" intermediária. Eles acreditam que essa teoria levará ao estabelecimento de um novo campo, a "biodinâmica ambiental", que fará avançar a forma pela qual o meio ambiente e a saúde humana são estudados.


Biodinâmica ambiental - Os pesquisadores compararam o período de tempo em que crianças autistas foram expostas a toxinas, com o funcionamento do cérebro dessas crianças posteriormente, e identificaram padrões distintos tanto na ingestão quanto no metabolismo de elementos essenciais e das toxinas. Esses padrões eram dependentes não apenas do momento e da magnitude da exposição ambiental, mas também do que estava acontecendo nos sistemas biológicos do corpo da criança. "Esses ritmos eram controlados pelas propriedades tanto dos sistemas biológicos quanto dos sistemas ambientais, mas apresentavam propriedades independentes de qualquer um dos sistemas," disse a cientista Manish Arora. "Eles fundamentam a existência de uma interface que intermedia a interação dos sistemas biológicos e ambientais. A própria interface, que aplica restrições e passa informações entre os sistemas em interação, deve ser objeto de investigação porque, sem redirecionar a atenção para as interfaces biodinâmicas, não se pode compreender como o ambiente impacta a saúde."


O estudo da interface biodinâmica - Permitirá que os cientistas entendam melhor como sistemas complexos como o meio ambiente e a fisiologia humana afetam uns aos outros. Os métodos atuais, que usam análise simples, são incompletos e incapazes de captar toda a complexidade dessas situações, dizem os cientistas. A interface também deve incluir as dinâmicas sociais, comportamentais e culturais como uma via de pesquisa particularmente frutífera. Segundo seus criadores, a nova teoria permite aos cientistas avaliar, por exemplo, a interface entre a renda e outros processos, incluindo resultados de saúde, usando métodos dinâmicos, e não estáticos. Também define como as atividades humanas podem influenciar negativamente o meio ambiente e influenciar negativamente seus próprios resultados de saúde e outros impactos ambientais ao longo do tempo.


Texto extraído do artigo científico “Biodynamic Interfaces Are Essential for Human-Environment Interactions” (Interfaces biodinâmicas são essenciais para as interações homem-ambiente"), dos autores Manish Arora, Alessandro Giuliani, Paul Curtin, publicado na revista BioEssays)


Saúde e longa vida!


Instituto Ortopedia & Saúde | 11 3289 8000




Em 2006, a Organização das Nações Unidas entrou nessa parceria, por meio da resolução nº 61/225, para conscientizar todas as nações do mundo de que o diabetes é, de fato, uma doença epidêmica com impacto social e econômico grave, principalmente entre os países em desenvolvimento. Nasceu, portanto, o Dia Mundial de Diabetes, em 14 de Novembro, apontando para um Novembro Diabetes Azul - a entrada da ONU e a cor azul, simbolizando a bandeira da entidade, deram um peso político incomensurável.


O dia 14 de novembro, como o "Dia Mundial de Diabetes", ficou assim pactuado para celebrar, do ponto de vista de alerta e conscientização, homenagem ao aniversário do Dr. Frederick Banting. Banting e seu assistente, o estudante Charles Best, descobriram a insulina em 1921, na Universidade de Toronto. Portanto, a insulina fará, em breve, 100 anos de sua descoberta - seus descobridores ganharam Prêmio Nobel, por ter salvado e mudado a vida de tantas pessoas.


O ‘Dia Nacional do Diabetes’ é referido por alguns em 26 de junho e o 'Dia Internacional do Diabético' é celebrado como 27 de junho - mas não constam no calendário do Ministério da Saúde. As datas, além de também não terem o mesmo peso, no caso do dia do Diabético, rotula portadores pelo nome da doença - idéia que a IDF (Federação Internacional de Diabetes) e a SBD (Sociedade Brasileira de Diabetes) tem procurado desestimular.


Saúde e longa vida!


Instituto Ortopedia & Saúde | 11 3289 8000


Instituto Ortopedia & Saúde

Rua Itapeva, 490 - 10o. andar - São Paulo, SP (Próximo da Av. Paulista e do Metrô Trianon-Masp)

Telefones:  (11) 3289 8000  |  (11) 3373 8899  |  faleconosco@ortopediaesaude.org.br

Acompanhe-nos pelas redes sociais

  • TV Saúde no Youtube

Curadoria:  Rodrigo N. Ferraz  |  rodrigo@upbeatconsulting.com.br  |  55 11 5199 2919