Saiba como evitar dores nos joelhos e outros problemas ortopédicos conhecendo a sua pisada


Caminhando ou correndo, muitas vezes, nos esquecemos do quanto nossos pés influenciam toda a nossa postura e nossa saúde. Com as duras missões de sustentar nosso peso corporal e ajudar em nosso equilíbrio, nossos pés nos servem como alavanca para nossos movimentos, além de serem nossos amortecedores. Como são os primeiros pontos de contato com as mais diversas superfícies, também ajustam e contribuem para a para nossa estabilidade.

Como médico ortopedista, afirmo que quando o paciente se queixa de dores nos joelhos, quadris ou coluna é importante identificar o seu tipo de pisada. Pés com mecânica comprometida podem gerar lesões como fascite plantar, dores nos joelhos e tornozelos, entre outros problemas.

A baropodometria é a investigação que possibilita, escaneando a pisada, mapear as regiões dos pés identificando onde a pisada exerce maior pressão. Oferece assim uma leitura precisa do seu tipo de pisada permitindo ao médico orientar, se for o caso, no uso de palmilhas, calçado ou tratamento mais adequado.

Tipos de pisadas

Pronada: o peso do corpo se concentra na parte lateral-interna do calcanhar.

Neutra: o peso do corpo está uniformemente distribuído na pisada.

Supinada: maior peso ao lado externo do calcanhar (pés muito cavos)

Ao caminhar, nossos pés se movem para dentro e para fora, em movimentos chamados respectivamente "Pronação" e "Supinação", ajustando-se à superfície e amortecendo o impacto sobre os joelhos e articulações. Primeiro o calcanhar toca o solo, seguido do arco plantar e finalizando com os metatarsos. Entretanto, quando há um excesso na pronação ou na supinação, começam os problemas.

Problemas decorrentes da pisada

Pisada hiperpronada

Joelhos: ficam alinhados para dentro ("joelho valgo"), ocasionando dores na frente e nas laterais do joelho.

Tornozelos: também ficam alinhados para dentro ("tornozelo valgo") gerando dores em sua lateral.

Canelite: inflamação da membrana que envolve toda a tíbia em que a dor se manifesta mais na parte interna da perna, onde não há quase massa muscular e é possível sentir o osso com a mão. Costuma ser mais intensa em atividades de mais impacto como a corrida, tênis e futebol.

Fascite plantar: processo inflamatório que abrange a fáscia plantar - uma faixa espessa de tecido (sola do pé) que liga o calcanhar aos dedos.

Pisada Supinada

Joelhos: ficam alinhados pra fora ("joelho varo"), causando dores na frente ou no meio do joelho.

Tornozelos: dores nas laterais pelo alinhamento para fora ("tornozelo varo").

Esporão de Calcâneo: calcificação provocada pela fascite plantar.

Aumento da frequência de torções.

Problemas no quadril

Fabio Ferraz do Amaral Ravaglia (CRM-SP 54.294 e RQE 11.990/89)

Cirurgião ortopedista, reumatologista e traumatologista, Fabio Ravaglia é presidente, desde 2005, do Instituto Ortopedia & Saúde (IOS) – organização da sociedade civil que tem a missão de difundir informações sobre saúde e prevenção a doenças e que organiza o Projeto Cidadania – Caminhadas com Segurança, evento mensal que incentiva a atividade física e conta com uma feira social de saúde aberta à população para a realização de exames gratuitos. www.ortopediaesaude.org.br

Instituto Ortopedia & Saúde

Rua Itapeva, 490 - 10o. andar - São Paulo, SP (Próximo da Av. Paulista e do Metrô Trianon-Masp)

Telefones:  (11) 3289 8000  |  (11) 3373 8899  |  faleconosco@ortopediaesaude.org.br

Acompanhe-nos pelas redes sociais

  • TV Saúde no Youtube

Curadoria:  Rodrigo N. Ferraz  |  rodrigo@upbeatconsulting.com.br  |  55 11 5199 2919