É possível evitar o efeito sanfona?

O "efeito sanfona" é uma preocupação geral de saúde associada às tentativas de perda de peso. Para se manter com medidas consideradas saudáveis muitas pessoas experimentam um contínuo processo de emagrecer e engordar.

Em pesquisa intitulada "Estudo Experimental da Ciclagem da Massa Corporal", realizada no Programa de pós graduação em Biologia Humana e Experimental no IBRAG/UERJ - RJ em 2015, chegou-se a importantes constatações sobre os danos dessa situação ao organismo, em especial no fígado e nas células adiposas. A professora Marcia Águila, coordenadora da pesquisa, chamou a atenção para a incidência de esteostase hepática ou fígado gorduroso, considerada uma doença contemporânea que deriva do depósito de gordura no fígado - de forma silenciosa, pode evoluir para problemas mais graves como cirrose, fibrose e câncer de fígado.

O que se observa é que ainda que o indivíduo emagreça, o período magro não é suficiente para eliminar a gordura que se acumulou no fígado no período em que permaneceu obeso. Desta forma, um novo período de ganho de peso se somará ao depósito remanescente de gordura no organismo. Outra constatação refere-se às células do tecido adiposo: uma vez que o diâmetro da célula aumenta durante o período de obesidade, não diminui com o emagrecimento.

No Brasil, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), mais de 50% da população está acima do peso. Em 2025, caso algo não seja feito, cerca de 2,3 bilhões de adultos e 75 milhões de crianças no mundo poderão estar com sobrepeso.

O que é a obesidade?

De acordo com a ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica), a obesidade é uma doença crônica mundial, caracterizada pelo acúmulo de gordura corporal, que impacta na qualidade de vida das pessoas e que deve ser tratada por toda a vida.

Algumas causas do sobrepeso e da obesidade

Estilo de vida moderno - O aumento do consumo de alimentos com alta densidade calórica, alta palatabilidade, fácil absorção e digestão, mas baixo teor energético.

- A necessidade de se realizar refeições em curto espaço de tempo pode atrapalhar os mecanismos da saciedade, assim como o ritmo de atividades de lazer em que o sistema de prazer e recompensa pode se sobrepor ao sistema homeostático (funcionamento natural do organismo).

Fases da vida

- As diferentes fases da vida como o casamento, a gestação , o pós-parto, a menopausa e o envelhecimento apresentam circunstâncias em que as pessoas podem desenvolver sobrepeso ou obesidade.

Genética

- O início precoce de obesidade na infânica é indicador de influência genética quando há histórico familiar. A Epigenética estuda os efeitos genéticos que podem ocorrer na vida intrauterina e persistir por gerações.

Consequências da obesidade

A obesidade traz inúmeros problemas de saúde, como: diabetes, doenças cardiovasculares, asma, alguns tipos de câncer, osteoartrose.

A osteoartrose

A obesidade pode promover outras doenças em vários órgãos e sistemas. Mesmo em indivíduos metabolicamente normais ela também está relacionada ao risco aumentado de Osteoartrose (doença que atinge a cartilagem articular, tecido que fica na extremidade dos ossos), no joelho e a uma associação moderada de Osteoartrose no quadril. (fonte: ABESO)

Para entender a obesidade é preciso compreender alguns aspectos básicos

O IMC (índice de massa corporal) é o cálculo mais utilizado para medir adiposidade corporal, mas não totalmente correlacionado, pois pode haver diferenças na composição corporal em função de idade, sexo, etnia, nível de atividade físicas. Ele deve, portanto, ser combinado com outros métodos de verificação de gordura corporal, segundo as diretrizes brasileiras de obesidade de 2016. Convencionou-se chamar de sobrepeso IMC de 25 a 29,0 Kg e a obesidade, IMC maior ou igual a 30 Kg. (fonte: OMC)

O que são calorias?

Medida de quantidade de energia presente nos alimentos que serve de combustível para manter as atividades do corpo humano. O excesso de calorias é armazenado como gordura.

É ideal que haja equilíbrio entre o consumo e o gasto calórico, sendo que os especialistas recomendam maior gasto do que consumo.

Pessoas diferentes tem necessidades diferentes de ingestão de calorias, de acordo com sexo, idade e tipo de atividades. Um atleta tem diferentes necessidades de ingestão de calorias em relação a uma pessoa sedentária. A atividade física é a única forma voluntária de gastar calorias além do trabalho metabólico realizado pelo nosso organismo.

O tratamento da obesidade envolve mudança de estilo de vida.

Reeducação Alimentar

É preciso corrigir hábitos alimentares errados. Pessoas que precisam emagrecer ou querem manter o peso devem passar por uma reeducação alimentar e não por uma dieta restritiva. A combinação de uma alimentação correta e atividades físicas regulares são fundamentais para que o indivíduo mantenha-se, permanentemente, saudável. O maior problema do descontrole de peso é a fome que, por sua vez, está relacionada à saciedade.

Ao longo do tempo, a mudança nos hábitos alimentares trouxe porções maiores e, consequentemente, pesos maiores, pois comprovadamente os açúcares artificiais, pães brancos, massas, alimentos processados não saciam a fome. Ex.: Refrigerantes 2 litros, hambúrgueres de 2 andares, batata frita e pipoca gigante.

Proteínas e Fibras: nutrientes que ajudam a controlar a fome

Leite, ovos, carne magra, frutas, vegetais, cereais integrais. Uma alimentação saudável é aquela que contém todos os nutrientes necessários para o funcionamento do nosso corpo. São eles: proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas, minerais e fibras.

Dicas de alimentação:

  1. Selecione os alimentos. Prefira alimentos com nutrientes que ajudem a controlar a fome como proteínas e fibras : leite e derivados magros, ovos, carne magra, frutas, vegetais, grãos integrais e castanhas.

  2. Verduras e legumes: antes do prato principal, aumentam a saciedade.

  3. Redução de recipientes para dar a sensação de saciedade. Pratos e copos menores na hora de alimentação.

  4. Divida a ingestão de alimentos em refeições ao longo do dia para não comer excessivamente somente em alguns períodos.

  5. Diminua o consumo de alimentos que possuem calorias vazias como os açúcares.

Atividade Física

A atividade física faz bem para todas as idades, previne doenças, promove saúde e qualidade de vida. Juntamente com a reeducação alimentar ela contribui para manter o peso saudável. Emagrecimento é o resultado da diminuição da gordura e não somente da perda de peso. Quando se perde peso podemos estar também perdendo líquidos e massa muscular, pois a nossa composição corporal é constituída de gordura, massa muscular e água. A fita métrica é tão importante quanto a balança para quem deseja acompanhar seu peso, pois a circunferência abdominal pode dizer muito sobre o estado de saúde do indivíduo.

Circunferência abdominal com risco, especialmente para doenças ligadas ao coração.

< ou igual 94 cm para homens

< ou igual 80 cm para mulheres

Benefícios da prática regular de atividades físicas e esporte.

  • Fortalece os músculos

  • Melhora a frequência dos batimentos cardíacos

  • Reduz a ansiedade e a depressão

  • Evita ou controla doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes e osteoporose.

Comece! ;o)

  • Decida-se. Tome as rédeas de sua vida.

  • Cuide-se. Exercite a sua auto estima!

  • Alimente-se de forma saudável.

  • Não tente ser um superatleta! Seu corpo precisa se acostumar primeiro!

  • Evite elevadores e use mais escadas.

  • Estacione o carro mais longe, ou desça do ônibus em um ponto mais distante de sua parada.

  • Procure um médico e faça uma avaliação.

  • Escolha uma modalidade esportiva.

  • Junte uma turma para jogar vôlei, peteca, futebol, fazer caminhada ou andar de bicicleta.

Saúde de Longa Vida!

Instituto Ortopedia & Saúde

Acesse o nosso portal: www.ortopediaesaude.org.br

(11) 3289 8000 | (11) 3373 8899 | faleconosco@ortopediaesaude.org.br

Instituto Ortopedia & Saúde

Rua Itapeva, 490 - 10o. andar - São Paulo, SP (Próximo da Av. Paulista e do Metrô Trianon-Masp)

Telefones:  (11) 3289 8000  |  (11) 3373 8899  |  faleconosco@ortopediaesaude.org.br

Acompanhe-nos pelas redes sociais

  • TV Saúde no Youtube

Curadoria:  Rodrigo N. Ferraz  |  rodrigo@upbeatconsulting.com.br  |  55 11 5199 2919